Tuesday, June 30, 2009

OB-0014: Time Life Life Time













Time Life Life Time de/by Luís Henriques

Edição única, numerada, assinada e limitada a
100 exemplares.
Capa impressa a laser sobre papel Guarro Gris Plomo
185 gr/m2.
Interior impresso a laser sobre papel branco 100 gr/m2.

36 páginas
A5
Junho 2009
10,00 €

One-time, signed, numbered and limited edition of
100 copies. NO REPRINT!
Bookcover laser printed on Guarro Gris Plomo
185 gr/m2 paperInside laser printed on white
100 gr/m2 paper.

36 pages
A5
June 2009
10,00 €

feedback











"(...) de Luís Henriques para o seu Opuntia Book,
Time Life Life Time, livro fabuloso saído na Laica
mas que merece mais destaque e furor. (...)"

Marcos Farrajota
in blog Blogzine da Chili Com Carne


"Time Life Life Time, de Luís Henriques, na qual,
por essa ordem consequente, o autor recria capas
de ambas as famosas revistas norte-americanas
numa técnica de pontilhados, linhas, tramas, manchas,
que parecem “traduções” do material original através
de uma maquinaria quaquer defeituosa, talvez um
pantógrafo perro, ou uma lente distorcida e embaciante...
As suas re-interpretações remetem a uma espécie de
interrogação ontológica sobre a validade do mundo que é
veiculado por aquelas revistas, dúvida que acaba por escoar
para o próprio mundo, levando a uma sua eventual dissolução.
Algumas das superfícies criadas por Henriques recordam
como que doenças possíveis do papel ou da visão. Perturbante."

Pedro Moura
in blog LerBD

(...) Em Time Life- Life Time, Luís Henriques utiliza
dois títulos incontornáveis da imprensa mundial,
Time e Life, para criar o seu próprio registo, atribuindo
ao nome das publicações o peso do seu valor semântico
(Tempo e Vida) pelo acto de as seleccionar e reinterpretar.
A reprodução das capas escolhidas, sem alterações de fundo
na estrutura e na composição dos originais (que, atente-se,
não são originais no sentido rigoroso da palavra, já que
qualquer exemplar que compramos de uma revista é
uma reprodução, um elemento de entre muitos saídos de
uma máquina que multiplicou ‘cópias’ da matriz),
incorpora pequenos pormenores que, situados num nível
que é o da própria passagem do tempo, acrescem as imagens
de uma espécie de pátina assinalada por marcas, minúsculos
borrões de tinta a remeterem para as manchas de pó ou
humidade que qualquer papel vai adquirindo com o tempo,
e igualmente para as diferentes matizes que o olhar sobre
elas vai ganhando conforme a distância e o surgimento de
novos dados sobre o evento representado se vão insinuando.
Assim também com as capas de Luís Henriques.
A edição deste volume, mais um dos belos exemplares saídos
das prensas improváveis de que a Opuntia Books se socorre,
poderá surgir aos mais distraídos como uma simples
reprodução desenhada de capas da Time da da Life, e não
haverá logro maior na sua leitura. (...)
E esse é o exercício que Luís Henriques empreende neste
livrinho, singelo e certamente fadado a uma recepção restrita
(não só pelosseus 100 únicos exemplares, mas sobretudo
pela ausência de canais institucionalizados que sobre ele
queiram escrever e reflectir, o que o colocará a par de uma
mão-cheia de obras recentes e relevantes no panorama da
ilustração e da banda desenhada às quais a crítica pouca
atenção devotou), mas
sem dúvida um objecto pleno de sentidos e motivos de reflexão.

texto completo aqui.

Sara Figueiredo Costa
in blog Beco das Imagens

Labels: , ,

1 Comments:

Anonymous miguel said...

Boa noite

Ainda é possível comprar?
obrigado
cumprimentos
miguel

1:49 AM  

Post a Comment

<< Home